TERAPIAS NATURAIS
TERAPIAS NATURAIS
+Imunidade e Vigor

PROJETO PICS / SUS

Promoção das Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS) no SUS

1) O QUE É A FERRAMENTA A3?

O A3 é uma ferramenta usada para resolução de problemas a partir do entendimento mais profundo da situação atual e consenso entre os envolvidos antes da proposição de soluçõesO mais importante aspecto do A3 é a capacidade de colocá-lo em prática, acompanhando a efetividade das soluções em ciclos de PDCA (Plan-Do-Check-Act) e corrigindo a rota, quando necessário.





2) CONTEXTO ATUAL DA SAÚDE PÚBLICA
:

O setor de saúde no planeta e, em especial, no Brasil, enfrenta graves problemas ainda mais com a pandemia instalada em 2020. Superlotação, falta de insumos e profissionais, desinformação, má gestão, desvios, índice de mortalidade elevado, enfim, os desafios estão postos. 


Portanto, é necessário cada vez mais melhorar os serviços públicos de saúde no curto prazo com ações curativas / emergenciais (internações, administração de remédios, gestão eficiente) mas também ter grande foco na prevenção, a qual vai muito além da simples aplicação de vacinas.







3) OBJETIVO:

Ajudar a população, principalmente de baixa renda, contribuindo na melhora da sua saúde, Qualidade de Vida, produtividade e na diminuição dos alarmantes custos da saúde pública através da aplicação preventiva e terapêutica das PICS (Práticas Integrativas e Complementares em Saúde) reconhecidas pela OPAS / OMS e ofertadas pelo SUS.


Com isso, os cidadãos não precisam depender tanto assim de especialistas para manter o corpo e a mente realmente saudáveis, ganhando tempo, economizando  dinheiro, fortalecendo a imunidade, aliviando o
stress e aumentando o ânimo e vigor através de técnicas simples mas eficazes, por exemplo, de Naturopatia, Homeopatia, Medicina Tradicional Chinesa (Acupuntura, Tai Chi), Massoterapia, Hidroterapia (banho vital), Geoterapia (cataplasma de argila), Trofoterapia (reeducação alimentar) e Fitoterapia.


4) ONDE TEM PICS NO BRASIL?

1) Número de municípios brasileiros que ofertaram atendimentos individuais envolvendo PICS em 2016: 3.024 (54%), estando presente em 100% das capitais. Distribuição dos serviços por nível de complexidade:


a. Atenção Básica 78%

b. Média 18%

c. Alta 4%

             

2) 02 milhões de atendimentos das PICs nas UBS:


a. Mais de 1 milhão de atendimentos na Medicina Tradicional Chinesa, incluindo Acupuntura.

b. 85 mil (fitoterapia)

c. 13 mil (homeopatia)

d. 926 mil de outras práticas integrativas que não possuíam código próprio para registro, que passaram a ter com a publicação da portaria nº145/2017


Exemplo de implantação (Recife - PE)


Fontes:

. aps.saude.gov.br/ape/pics

. www.anhap.com.br/dados-do-setor

. www.paho.org/pt/brasil



5) METAS (12 MESES):

. Atender 30% das famílias de baixa renda através dos Agentes Comunitários
. Reduzir em 10% as disfunções crônicas (obesidade, diabetes, má circulação sanguínea, ansiedade, depressão)

. Baixar os custos do SUS em 10%



6) OBSTÁCULOS:


. Falta de vontade política

. Dificuldade em captar / capacitar Agentes Comunitários

. Falta de conhecimento / desinteresse da população



7) SOLUÇÃO PROPOSTA:


.  Contactar e sensibilizar prefeitos, secretários de saúde e vereadores na implementação das PICS via Programa Previne Brasil com seu modelo de repasse do dinheiro para os municípios (equipes de Saúde da Família e Atenção Básica). Componentes do financiamento:


 1. Capitação ponderada (número de pessoas cadastradas)

 2. Pagamento por Desempenho (indicadores)

 3. Incentivos para ações estratégicas (programas)


. Atração e instrução de Agentes Comunitários através dos cursos do Ministério da Saúde.


. Incentivo fiscal: conceder 10% de desconto no IPTU e/ou ISS para os indivíduos e famílias que aderirem aos programas das PICS. Além disso, realizar campanhas publicitárias informativas e propositivas.


. Investimento em soluções tecnológicas de baixo custo (Apps / IA / IoT) para cadastro, agendamento e monitoria dos Agentes e usuários.



8) ACOMPANHAMENTO:


. Verificação constante (semanal e mensal) dos indicadores (OKRs) através de relatórios e dashboards dos sistemas e Apps

. Pesquisas de satisfação (NPS) junto aos Agentes e usuários

. Benchmark com outros municípios e países

. PDCA Operacional (semanal) e PDCA Executivo (mensal)


AÇÃO SOCIAL


Se você conhece empresas, instituições, escolas e agentes públicos que tenham interesse
em ajudar seus colaboradores e a população (principalmente de baixa renda)
contribuindo de forma eficaz na Qualidade de Vida, produtividade e diminuição dos
alarmantes custos da saúde pública e privada
, por favor, entre em contato.


Temos sempre o maior prazer em promover as Terapias Naturais

e impactar positivamente a sociedade.